domingo, 8 de junho de 2008

59%

O domingo tá baixando,
cinquenta e nove por centena

não grita nem sangra o chão;
vomita o pão em silêncio
cardume do devaneio distópico:
um capô encerado com pretérito perfeito

mais uma vez é lançado
aos bodes e semáforos
da segunda que funciona assim:

"A mula de carga
tremula metálica
sobre sujas rodas
de letras garatujas"

o enigma
vive rabiscado.

2 comentários:

Lírica disse...

Belíssimo. Sensação de fim-de-semana que caminha em silêncio submisso ao holocausto, enquanto a natureza segue indiferente, embora elegantemente harmoniosa e cerimononiosamente uniforme, e enquanto a turba segue desajeitada o seu trajeto frenéticamente indefinido.

compulsão diária disse...

Ah, mas é que agora quem chapou fui eu. Domingo sempre tem pretérito imperfeito com "ses" da semana inteira. Bela imagme o enigma rabiscado no capô encerado. Cha-pei também na idéia de que não temsangue nem chão, domingo quase sempre é náusea.
Parabéns. Quadrado, já pro link do Compulsão.