quinta-feira, 31 de março de 2011

Farra

A vara
perolada
cresce
avara

2 comentários:

Lírica disse...

Muito, muito intereante... porque a palavra "perolada"dá idéia de luz, que remete a iluminação, referente ao que é do sol, superior, eterno, que trascende o tempo. Da mesma forma, a palavra "cresce"tem a ver com ascendência, subida, alto, superior. E "avara" dá a conotação de agressivo, ganancioso, que não quer perder nada. Ora, o movimento de crescer ou subir, demanda muita energia, logo, que o intenta, nada quer perder.
Por outro lado, todo o tema se passa numa planta, árvore, madeira, mater, mãe. Uma antítese interessante. Um elemento dual. Como se o autor olhasse apra sua origem e destino, simultaneamente: da terra para o alto... da árvore da terra para o sol com desejo imenso (avaro)de quem precisa crescer e se desprender. Sem falar na conotação sexual implícita que, longe de se restringir à esfera edipiana, traduz arquétipos universais: mais pra Percival do que pra Édipo.
Espetacular!

MULHER disse...

A sensualidade e a simplicidade unidas para nosso deleite. Muito belo!