quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Retira

Hoje foi ontem?
Um repique abusado
no precipício quatro por isso
_________ou sete por cinco
e o motivo se repete

Tenho a impressão
__quase uma certeza de que
o tempo 'tá retirando um sarro:

em três minutos por faixa,
a vida é um álbum

8 comentários:

Ca:mila disse...

os fragmentos e os cut-ups do tempo,
gostei muito desse poema!

ps: a frase lá é do emiliano zapata bigodudo.


beijos

EduBarreto disse...

Hoje foi ontem. A faixa se repete. Mas você escuta a mesma coisa?

Lírica disse...

... É, a vida se repete. Cíclica, contante, até cristalizar... pra a gnt ter onde pisar e se apoiar... pra a gnt poder se firmar e caminhar... Mas às vezes "alguma coisa acontece", aí tudo parece diferente, mesmo que seja tudo como antes. Então, quem mudou?
A vida tira um sarro de nós? E nós, o que temos tirado dela?
Intuitivo depois que saca tudo a sua volta, faz um resumo e se farta. Deseja sentir coisas novas, ter novos desafios... É duro esse carma... Mas depois de bem espremidos, sempre damos mais um caldo. Aí, do nada, BUM! Alguma coisa acontece. Ou nossa casta estaria extinta!

Compulsão Diária disse...

Tempo com tração nas rodas. Bom assim. Não atola, nem gira - a poesia - em falso

Adriana disse...

teu poema...(A)temporal...a vida brinca de esconde-esconde...o tempo ruge.rs

Bagunceiro disse...

Acredito que sei exatamente ao que se refere e assino embaixo. Quero riscar, torcer, quebrar esse disco inteiro e jogar ele no lixo logo mais! Cansei dessa música melosa e dessa prosa infinita!!!

Bagunceiro disse...

http://www.youtube.com/watch?v=ICl4r9IqqIg&eurl=http://copicola.blogspot.com/2009/01/brokeback-to-future.html&feature=player_embedded

Justamente do que estávamos falando hoje! abraços...

Rachel Souza disse...

...um álbum.